Pense no pet

Aqui seu pet pode correr solto por grandes espaços e você não precisa se preocupar nem com saquinhos higiênicos.

Eles são tão bem-vindos que a estadia deles, tanto nas Casas como nos Estúdios Enxaimel, é de graça. E ainda podem ter a companhia da Lucy, que adora receber visitas, e do Pen Duick, que depois que se enturma, é um brincalhão

Pen Duick no alpendre do Estúdio Enxaimel Poente

Kitsune, o simpático spitz-alemão-anão que está na foto de abertura, é frequentador assíduo dos pomares de Pedras Rollantes. Gosta tanto de vir para cá, que, em casa, quando seus donos falam o nome do Sítio, ele some e reaparece puxando sua caminha pelos dentes. E nós gostamos tanto do Kitsune que ele até já foi astro em uma de nossas campanhas de divulgação.

Foi em agosto do ano passado, quando contracenou com a Lucy para divulgarmos o “mês do cachorro solto”, momento em que os pets que frequentam Pedras Rollantes ganham saquinhos de Biscoito Tabarly para saborearem durante a estadia.

Outro que sempre bate o ponto em Pedras Rollantes é o Buza, que na foto acima, curte o balanço junto da Cozinha ao Ar Livre com o Daniel e a Rejane. Mas o que ele gosta mesmo é de explorar as margem do Rio das Águas Frias.

E por falar em Rio das Águas Frias, quando vocês estiverem tomando um banho, o Pen Duick aparecer e ficar lhes encarando com cara de pidão, basta jogarem água para ele pular e tentar morder as gotas.

E a Lucy. Ah, a Lucy, a companheira do Pen Duick, é muito sociável e adora crianças. E também se dá muito bem com outros bichinhos, como mostra a foto em que ela e a Valentina interagem com mais um pintinho nascido aqui em Pedras Rollantes.

A jornalista Marta Gomes trouxe a Cora para correr em Pedras Rollantes e fez a linda reportagem que você pode ver ao tocar na imagem acima.

Onde estamos e quem somos

A Pousada faz parte do Sítio Pedras Rollantes, onde também produzimos citros sob condução orgânica certificada. São 28 hectares, ou 280 mil metros quadrados, com apenas cinco unidades autônomas e independentes.

 

A estadia mínima preferencial é de duas noites, os horários são super flexíveis, crianças até 12 anos é grátis, pets são muito bem-vindos e nós entregamos os alimentos para que os hóspedes preparem todas as suas refeições. Elas podem ser feitas tanto nas cozinhas completas de cada uma das unidades como nas cozinhas ao ar livre.

Chegar em Pedras Rollantes é muito fácil. São apenas 100 km entre Florianópolis e Alfredo Wagner, pela rodovia BR 282, estrada ladeada por paisagens de tirar o fôlego. O portão que dá acesso às Casa está a 2,7 km do centrinho da cidade e o dos Estudios, apenas 4,3 km. Ambos os caminhos são estradas boas em qualquer clima e para qualquer tipo de automóvel. É perto do centro e longe do agito.

Eduardo, que recebe nos Estúdios, Lu e Tarcísio, que recebem nas Casas.

Nós moramos aqui e somos nós mesmos que recepcionamos e atendemos os hóspdes nas suas necessidades durante as estadias. O Eduardo mora no andar superior da Casa Enxaimel e recebe quem vem para os Estúdios. A Lu e o Tarcísio, que moram na casa verde que está na foto anterior, recebem e cuidam de quem vem para ficar em uma das Casas

“Pense em Pedras Rollantes quando pensar… ”

nas estrelas
no friozinho
nas Clemenules
num vinho
nas crianças
nos pets
nos amigos
num rio
na amplidão
no trabalho remoto
em tudo isto e mais um pouco

Navegue por todo o site:

As Casas – Os Estúdios – Delicatesse – TV Pedras Rollantes – O Sítio – Contato

Até breve