Pense no friozinho

Imagine-se na varanda da Casinha, com a melhor companhia e o sol da manhã iluminando a fumacinha das xícaras de café recém passado enquanto a bruma se levanta entre as montanhas. É coisa de cinema.

A Casinha é uma das cinco unidades da Pousada Pedras Rollantes, todas autônomas e independentes e encravadas no Vale do Rio das Águas Frias. É o cenário perfeito para curtir os dias de outono e de inverno.  

E se colocar lenha nas salamandras e as chaminés figurarem na cena, o Oscar de fotografia está garantido. As três Casas e os dois Estúdios contam com sistemas de aquecimento de água para todas as torneiras e chuveiros. A lenha para aquecer os ambientes é proveniente de reflorestamento próprio e o hóspede não paga por ela.

As unidades da Pousada Pedras Rollantes estão a pouco mais de 500 metros acima do nível do mar, o que já garante que tudo fique bem branquinho de geada quando as frentes frias mais potentes alcançam o Sul do Brasil.

As médias de tremeraturas em dias normais de inverno ficam entre os 5 graus no começo da madrugada e os 20 graus na hora mais quente do dia. Quando sob condições extremas, já medimos temperaturas minímas de 4 graus abaixo de zero. O inverno coincide com a safra de citros e os hópesdes podem desfrutar de tudo o que esta terra produz, tanto nos pomares quanto nas hortas.

Onde estamos e quem somos

A Pousada faz parte do Sítio Pedras Rollantes, onde também produzimos citros sob condução orgânica certificada. São 28 hectares, ou 280 mil metros quadrados, com apenas cinco unidades autônomas e independentes.

 

A estadia mínima preferencial é de duas noites, os horários são super flexíveis, crianças até 12 anos é grátis, pets são muito bem-vindos e nós entregamos os alimentos para que os hóspedes preparem todas as suas refeições. Elas podem ser feitas tanto nas cozinhas completas de cada uma das unidades como nas cozinhas ao ar livre.

Chegar em Pedras Rollantes é muito fácil. São apenas 100 km entre Florianópolis e Alfredo Wagner, pela rodovia BR 282, estrada ladeada por paisagens de tirar o fôlego. O portão que dá acesso às Casa está a 2,7 km do centrinho da cidade e o dos Estudios, apenas 4,3 km. Ambos os caminhos são estradas boas em qualquer clima e para qualquer tipo de automóvel. É perto do centro e longe do agito.

Eduardo, que recebe nos Estúdios, Lu e Tarcísio, que recebem nas Casas.

Nós moramos aqui e somos nós mesmos que recepcionamos e atendemos os hóspdes nas suas necessidades durante as estadias. O Eduardo mora no andar superior da Casa Enxaimel e recebe quem vem para os Estúdios. A Lu e o Tarcísio, que moram na casa verde que está na foto anterior, recebem e cuidam de quem vem para ficar em uma das Casas

“Pense em Pedras Rollantes quando pensar… ”

nas estrelas
no friozinho
nas Clemenules
num vinho
nas crianças
nos pets
nos amigos
num rio
na amplidão
no trabalho remoto
em tudo isto e mais um pouco

Navegue por todo o site:

As Casas – Os Estúdios – Delicatesse – TV Pedras Rollantes – O Sítio – Contato

Até breve