Início / O lugar / Hospedagens / Contatos / As Casas / Os Estúdios / Vídeos / Sustentabilidade / O Sítio / Arredores

Café no Sítio – o que serve


Voltar para “As Casas”


Café no Sítio

 Dia e hora Como é O que serve Contato e reservas

Bonito e gostoso

Entradas

Tudo começa com o que está na foto acima. São as entradas servidas com o chá das folhas da Clemenules, a tangerina sem sementes e de origem espanhola que cultivamos com condução orgânica certificada em Pedras Rollantes. Em determinadas época do ano, quando é tempo de brotação, preferimos usar as folhas novas, as que exalam aroma mais pronunciado e possui sabor mais forte.

O chá é servido com quadrados de queijo serrano DOC do Laticínios Odilon, pequena empresa aqui mesmo de Alfredo Wagner, ou com queijo colonial meia cura preparado pela Janinha, agricultora familiar também aqui de Alfredo, e que usa leite orgânico certificado na sua elaboração.

Sobre os quadrados de queijo estão as geleias de Clemenules, feitas com as nossas frutas, e a de banana caramelizada. São geleias orgânicas certificadas produzidas pela agroindústria de Letícia Wiegert, o Rancho Eco Frutícola, localizado no distrito de Taquaras, em Rancho Queimado.

As entradas se completam com uma boa porção de tostadinhas feitas com o pão da Maerli, padeira tradicional na cidade. O pão é levado à chapa do fogão à lenha com um fio de azeite de oliva para ganhar crocância antes de receber uma boa porção de pasta de tilápias, um dos destaques de nosso cardápio.


Pães

Os pães que virão a seguir são preparados aqui mesmo, pouco antes de serem servidos e sempre, no mínimo, de dois tipos. Podem ser os de tomate, de batata, de beterraba, de abóbora, de tangerina, etc.. Depende do que o pomar ou a horta têm para nos oferecer.

 De batata De beterraba De amora De batata e tomate

Queijos

Eles chegam acompanhados de uma bandeja com queijos e embutidos de carne, mais as geleias, as pastas salgadas, a manteiga, o leite, a água para o café e algum doce ou salgado que preparamos a partir do que pode ser colhido em cada época do ano.

São pelo menos três tipos de queijos. Algumas vezes são aqueles produzidos com leite orgânico pela Janinha e que tem, entre eles, o frescal temperado com orégano. Quando são os vindos do Laticínios Oldilon, entre eles está o serrano temperado com pimenta calabresa e orégano.

 Colonial com leite orgânico Frescal com orégano Serrano com pimenta Salame de pouca cura

Geleias

Pelo menos dois sabores de geleias acompanham a cesta de pães e a bandeja de frios. Podem ser de morango, de frutas vermelhas ou de goiaba, todas orgânicas e certificadas, vindas também do Rancho Eco Frutícola. Ou ainda outras, como a de banana com ovos, a de amora, a de abóbora, a de tomate, etc., que são preparadas aqui mesmo com colheita de suas épocas.

O café é coado na mesa. Nós mesmos podemos faze-lo em um bule que serve a todos, mas quem quiser pode passar o seu utilizando os coadores individuais que são levados à mesa. Em ambos os casos, o aroma do café em coador de pano invade o ambiente e aviva boas recordações. Usamos apenas cafés classe extra forte, de marcas reconhecidas pela qualidade e com o selo da ABIC.

 Geleias orgânicas  Geleia de tomate Leite Café

Bolos

Tudo o que é servido pode ser repetido. Basta solicitar mais pães, mais queijos, mais pastas, mais água para passar mais um café.  Mas vale a pena ser comedido. É que passado um tempo após termos levado a cesta de pães e seus acompanhamentos, voltamos para deixar bolos.

São pelo menos dois sabores. Um sempre é o de chocolate, preparado a partir de uma receita simples, criada pelos escravos das fazendas cacaueiras do Sul da Bahia na metade do século 19 e potencializado com o chocolate 70% cacau que usamos aqui.

O outro bolo depende das safras de frutas em Pedras Rollantes. No inverno, claro, será de Clemenules. No verão pode ser de pêssego, de pera, de maçã ou até de caqui. Os de morango, que são oferecidos regularmente, podem ir para as mesas desde início da primavera e até o início do outono.

Mas o desfile nas mesas ainda não termina com os bolos.

 De clemenules De morango e chocolate De amoras De chocolate

Sobremesas

Mesmo sem saber, muitos que nos visitam participam da consolidação de nossa carta de sobremesas ao testar algumas das doces experiências que executamos nas noites de sábado, véspera de serem servidas. Um destes momentos aconteceu já na abertura do Café, em novembro de 2015, quando apresentamos um mousse de limão siciliano coberto com uma camada de purê de morangos dissolvidos em vinho branco. Foi muito apreciado e não saiu mais do cardápio. Em alguns contatos para reservas somos inquiridos sobre se esta sobremesa será servida.

Mas não são estes os casos da Pera Ébria e do Geladinho de Banana, por exemplo. A primeira é uma receita publicada pela escritora chilena Isabel Allende em seu livro “Afrodite”, de 1997. A segunda é uma receita de família, que leva açúcar queimado, leite, muitas gemas de ovos e pedaços cozidos de bananas recobertos com claras em castelo.

Os livros da culinária convensal portuguesa do século 19 também nos dão muitas dicas sobre como preparar ingredientes para sobremesas. É de um deles que retiramos as informações de como fazer o creme de ovos com suco cítrico usado como cobertura para a Clemenules cozida, doce oferecido durante a safra da rainha das Tangerinas. E nos meses de maio, junho e julho, todo domingo tem gomos de Clemenules recobertos com chocolate 70% cacau.

 Morango e limão siciliano Pera Ébria Banana com creme de gemas Clemenules e chocolate

Para todos

Muito do que foi mostrado acima está repleto de glúten, leite e açúcar, ingredientes que não fazem bem à muita gente. Se é este o caso de alguém que deseja vir, mas teme não participar do Café no Sítio em sua plenitude, basta que sejamos informados até a quinta-feira anterior à vinda. Assim teremos tempo de buscar ingredientes e preparar alimentos livres destes itens. Sem custo adicional.

Para todos mesmo

E se vier acompanhado de um amigo de quatro patas, e se também formos informados com antecedência, o cãozinho não ficará apenas olhando seus donos desfrutarem do Café. Ele vai ganhar biscoitos preparados com a mesma dedicação do que é feito para os humanos.



 As Casas

 Dia e hora Como é O que serve Contato e reservas

 

Início / O lugar / Hospedagens / Contatos / As Casas / Os Estúdios / Vídeos / Sustentabilidade / O Sítio / Arredores